Rotina é ruim?

Existem muitos estigmas em relação à rotina, e muitas pessoas trabalham loucamente para tentar “quebrá-la” mas você sabia que a rotina pode ser muito melhor e produtiva do que você imagina?

 

sunset-1331088_1280

Sunset! Pic by marcoreyesgt

Vamos começar do começo: O que é rotina?

No dicionário: Sequência dos procedimentos, dos costumes habituais.Itinerário, caminho habitual, que se faz todos os dias.Notem, que as descrições literais tratam sempre de “Costumes Habituais”, ou seja, a rotina nada mais é do que um hábito. Algo que você pratica regularmente.

Essa rotina pode ser uma rotina de estudos, uma rotina de trabalho, uma rotina de exercícios… Pode ser uma junção de todas essas coisas também. O que importa, é que a rotina cria um hábito e te permite realizar tarefas e alcançar metas.

“Quebrar” a Rotina?

time-is-money-f alexas_fotos

pic by alexas_fotos

Muitos falam que quebrar a rotina ajuda a gerar criatividade. De fato, tudo o que é inesperado pode contribuir para aguçar seu lado criativo. Porém, se você não tiver uma rotina estabelecida, tenderá a adiar mais coisas o que pode trazer um certo “marasmo” à sua criatividade.

Agora, convém comentar que pessoas que estão realmente infelizes com a sua rotina, devem repensa-la. Se você não gosta do seu trabalho por exemplo, procure incluir atividades que te tragam prazer no dia a dia até encontrar um novo trabalho.

 

Produtividade = Rotina

Igualar a rotina à produtividade, não significa que todos os dias você renderá da mesma forma, graças a um roteiro milagroso de atividades. Principalmente se seu trabalho depende de criatividade. Existem dias e dias,assim como existem imprevistos, mas significa que com o tempo podemos ser mais produtivos, entenda que nosso corpo e nosso cérebro vão se acostumando com as atividades e começam a estabelecer hábitos e isso favorece e muito a nossa criatividade a trabalhar.

Rotina= Rota

A rotina nos ajuda a perseguir nossos sonhos. Quando você pode fazer qualquer coisa, tende a não fazer nada, como eu disse anteriormente. Mas quando você monta uma rotina de tarefas pode estipular de qual forma vai seguir suas metas. Como você pode fazer para alcançar seus sonhos, um pouco por dia? Se você pode escolher entre estudar inglês ou ver uma série em um dia que está muito cansado, provavelmente vai optar pela série se nada te lembrar que tem que estudar inglês porque este é um objetivo seu. Agora, se você tiver um planejamento e ver que você tem metas para cumprir, provavelmente vai escolher estudar. E quando o cansaço for muito grande, você pode optar por ver a série em inglês com um dicionário à mão e um caderno.

E falando nisso vamos ao próximo tópico:

Rotina: Obrigação ou planejamento?

Esse exemplo da série, serve para ilustrar essa questão também. A rotina, principalmente quando você trabalha em casa, é um planejamento do seu dia. As vezes você acorda no “220v”, achando que vai fazer mil coisas. Mas chega no fim do dia e se frustra por estar cansado e não ter vontade de estudar. Você pode fazer isso de uma forma menos pesada, mas que pode ser eficaz.  Da mesma forma se você realmente não conseguir, deixe para outro dia e atente-se à uma melhor organização da sua agenda. Assim você evita adiar seus compromissos por excesso de tarefa. O equilíbrio e o descanso têm que ser seus aliados na programação do seu dia.

girl-1081721_640 unsplash

pic by unsplash

Anúncios

Como desapegar de objetos especiais?

Quando eu converso com as minhas clientes sobre desapego, normalmente elas entram em pânico, pois é sempre muito difícil fazer o descarte de muitas coisas de uma só vez. E se eu precisar? E se eu não encontrar outro igual? Eu vou mandar arrumar um dia! E por ai vai… Desculpas não faltam!

Porém o descarte é muito importante para manter a organização da casa, principalmente quando você não possui espaço para guardar tudo o que tem.

Porque manter a casa organizada?

Faça uma lista de 10 benefícios que você acredita que a organização vai trazer para a sua vida. Anote a mão e deixe esse papel sempre perto de você. Na hora que ficar em dúvida em se desfazer de um objeto ou não, você lerá esse papel e lembrará o porque isso é necessário.

O que você sente por esses objetos?

Se mesmo com a lista na mão, você ficar em dúvida, parta para o sentimental. Essa peça ou objeto te trazem alguma emoção? Qual emoção e porque? As vezes nos apegamos a um presente pois a pessoa que nos deu faleceu ou não a vemos mais. É importante entender que sentimentos a peça te causa. Pode parecer bobo, mas o maior motivo pelo qual acumulamos é suprir alguma emoção que não sabemos exatamente qual é. Pode ser saudades, pode ser até mesmo raiva ou depressão.

Se for algo positivo como saudades de alguém que já foi, pode ser mais interessante pra você fazer um texto sobre o carinho e momentos bons que vocês passaram. Talvez procurar fotos desses momentos. Mas se for um sentimento que te prejudica de alguma forma, será que não seria melhor pra você e para a sua família, deixar ir embora?

Doe coisas especiais, para pessoas especiais

Você passou pelas etapas acima e chegou à conclusão que realmente não vale a pena guardar. Porém, não queria simplesmente se desfazer. Se nesse momento, ainda estiver difícil para você, pense em pessoas próximas e especiais para você que de repente, poderiam gostar da roupa ou do objeto e explique a situação. Diga que você gosta muito e acha que poderia ser bacana para ela.

Mas tenha bom senso! Não é porque você gosta, que as pessoas vão gostar e principalmente, não é porque você acha que sua amiga super tecnológica vai amar ganhar a máquina de escrever que era da sua avó, que ela necessariamente quer ganhar ou precisa ganhar. Respeite o espaço da pessoa e deixe-a à vontade para fazer o que ela achar que é melhor para ela. Seja guardar a peça ou jogar fora.  Liberte-se sem aprisionar outras pessoas!

Nunca vou conseguir jogar isso fora!

Se eu ainda não te convenci, então eu deixo você guardar algumas coisas. Mas vamos fazer um trato? Durante seis meses você vai anotar quantas vezes usou a roupa, ou olhou o objeto com carinho e quantas vezes você pensou que realmente foi um bom negócio manter o seu espaço ocupado dessa forma. Se mesmo depois de seis meses você ainda achar que valeu a pena, tudo bem. É importante manter coisas que nos trazem bons sentimentos ou até mesmo roupas velhinhas (não ler velhinha= rasgada), mas que usamos com frequência.

E se depois desse tempo a conclusão foi que realmente seu espaço pode ser melhor aproveitado, descarte.

Faça tudo no seu tempo e pode ter certeza, que não vai se arrepender!

Bullet Journal: A melhor forma de você se organizar!

Se você é do time que já tentou de tudo para  organizar sua rotina, mas por alguma conspiração universal não consegue  e sempre deixa de fazer algo importante, chegou a hora de você conhecer o “Bullet Journal”. Ele vai Mudar a sua vida!

O “Bullet Journal” é uma metodologia de organização inventada por Ryder Carrol. Segundo ele é  “Um método analógico de registrar o passado, organizar o presente e planejar o futuro”.

Neste vídeo, é possível entender melhor sobre a metodologia:

 

É claro que a internet pirou com a chance de poder adaptar o método ao estilo de vida e a vontade de cada pessoa, e começaram a surgir vários tutoriais e inspirações sobre como você pode fazer o seu próprio “Bullet Journal”.

Eu experimentei a ideia e sinceramente, de tooooooooodos os jeitos que eu já tentei organizar a rotina, esse foi simplesmente o mais  maravilhoso de todos. Trouxe algumas fotos para você entender o meu ponto de vista e quem sabe, te convencer a testar hein?

bullet journal capa

Bullet Journal – Essa é a Capa do meu

Sim, fiz questão de colocar uma foto da capa, pois não é porque o criador do método utiliza um “Moleskine” que você precisa investir em um caderno. Eu comprei um caderno universitário mesmo, de 100 folhas, afinal eu não sabia quanto tempo essa ideia brilhante sobreviveria a minha rotina. Então, aconselho você a fazer o mesmo. Inclusive, se tiver um caderno em casa, aproveite ele para testar. Se você perceber que o Bullet funciona para você (e acredite, vai!) você compra um caderno que preferir. Ah! Um detalhe é que eu trabalho em casa e ele não sai dela, caso você trabalhe fora pode ser legal pensar em um tamanho fácil de carregar.

 

bullet journal future log

Bullet Journal – Future Log

Logo no início eu montei o meu “Future Log”. Que nada mais é do que um calendário com os eventos que você terá durante o ano. É legal por exemplo, para quem tem que planejar muitas viagens ou que tem que organizar rotina escolar dos filhos com rotina pessoal e etc.

bullet journal  metas ano

Bullet Journal metas do Ano

O que eu mais gosto é que você pode montar um sistema para acompanhar as suas metas. Sabe quando você escreve aquela lista de metas no começo do ano? Então, eu achei bacana criar uma página para cada meta (as mais importantes) para ver ao longo do ano o quão perto delas eu estou. É claro que você não precisa fazer em forma de tabuleiro como eu fiz. Todas as seções podem ser adaptadas ao seu gosto. Se você for uma pessoa mais analítica, pode fazer uma seção de “Canvas” para cada meta.

bullet journal calendario do mes copy

Bullet Journal Review de tarefas do Mês

Quando começa um novo mês eu escrevo o calendário dele e já coloco os eventos que tenho marcado. A diferença é que o Future Log, é uma visão mais geral, enquanto nesse calendário eu consigo planejar todo o meu mês. Desde atividades de rotina à compromissos externos ou viagens. Assim, nada escapa. Para quem estuda, é uma ótima maneira de planejar as datas das provas, trabalhos e dias de estudo de todas as matérias.

bullet journal metas do mes

Bullet Journal Metas do Mês

Além do calendário, todo mês eu escrevo as minhas metas do mês. É uma forma de me manter focada nas metas do ano, mas também me ajuda em metas mais específicas. Por exemplo: emagrecer 3 kg até o dia dos namorados. Eu escrevo essa meta nessa página da direita e na da esquerda eu marco quais foram os dias que eu fui para a academia. Se eu escorrego um dia, ele fica ali feio olhando pra mim na planilha e dizendo: Você nunca vai conseguir se não manter o foco. Ou seja, tchau preguiça e “bora” malhar!

bullet journal daily log

Bullet Journal – Daily Planner

Ai sim, depois de planejar o meu mês, eu começo a escrever as tarefas diárias. Todos os dias antes de começar a trabalhar, eu anoto tudo o que tenho para fazer no dia. Para escrever eu utilizo uma legenda própria que me lembra da importância e urgência de cada atividade. Outro detalhe que cada um monta o seu próprio. Eu gosto de anotar coisas legais que aconteceram no dia, para não esquecer de agradecer por elas e coisas que eu aprendi também.

Fiz questão de colocar o vídeo do Ryder, pois ele é bem mais  sintético na hora de fazer o Bullet Journal dele. Eu já gosto de coisas coloridas e bem caprichadas, pois acho que fica mais fácil de identificar cada tarefa e me anima a preencher todos os dias, para ele não ficar feio. (Sou dessas!)

Estou utilizando há alguns meses e digo com toda certeza do mundo: TENHA UM!

Na minha opinião, o que o torna tão eficiente é o fato dele ser totalmente personalizável. Se você quiser usa-lo somente para traçar suas metas você pode, se quiser utiliza-lo somente como ferramenta de organização das tarefas domésticas você pode, se quiser se planejar para estudar, você pode! Ele pode ser do jeito que for melhor pra você. Por isso você precisa ter um!

Ah! E se você testar, não deixa de me contar aqui embaixo o que você achou ok? Vou amar saber!

Como organizar a Geladeira?

Semana passada falei lá no nosso SNAP (rafaellapisano), sobre organização de geladeiras. E como tivemos um ótimo retorno, resolvi trazer esse assunto para o blog e explicar um pouco melhor sobre como manter uma geladeira organizada.

Como organizar a Geladeira?

Existem diversos modelos de geladeiras no mercado, ou seja, eu vou dar uma explicação baseada em um modelo padrão e você adapta à sua geladeira, ok?

Organizando a Geladeira

Organizar a Geladeira parece coisa de doido mas tem vários benefícios. Nesse post, nós contamos um pouco sobre eles e sobre como você pode organizar a sua geladeira.

Para organizar a Geladeira, basta seguir um princípio básico. Os alimentos que necessitam de uma temperatura menor para serem conservados ficam mais próximos à saída do ar refrigerado. Os alimentos que não podem ficar em temperaturas muito baixas, devem ficar o mais distante possível da saída de ar.

Organizando a Geladeira - Fluxo de AR

Esquema de Refrigeração de Ar.

Como vocês podem ver no esquema acima, a intensidade de refrigeração funciona de Cima para baixo (neste modelo padrão) e depois para a porta. Ou seja os ítens que ficam na porta são aqueles que praticamente não precisam ser guardados na geladeira, mas eu já chego lá.

Mantendo este critério, na primeira prateleira devem ficar os ítens que tem uma durabilidade menor e que necessitam de alta refrigeração. São eles: Laticínios e derivados de leites, carnes cruas e etc.

Geladeira organizada

Exemplo de organização das prateleiras de uma Geladeira.

 

Na segunda prateleira, é bacana você colocar alimentos que já foram preparados e devem ser consumidos. Assim como o Arroz, molho de tomate com carne, carnes cozidas e etc. Itens que podem ficar um tempo maior na geladeira pois já estão preparados, mas que não são tão resistentes assim. Inclusive aqueles ítens que são utilizados em todas as refeições. O arroz por exemplo é aberto na hora do almoço e no jantar, manter ele em um local bem refrigerado evita que ele estrague mais rápido.

Na Terceira prateleira, eu gosto de deixar farinhas abertas e ítens para preparo (tapioca por exemplo) e ítens preparados que não são abertos todos os dias. Ex. Sopas, molho de tomate pronto (ele contém muito conservante, por isso aguenta ficar na geladeira)…

É importante lembrar que esses exemplos foram baseados na minha rotina. Aqui só usamos molho de tomate 1x por semana, assim como as sopas. Ou seja, eles não tem necessidade de ficar em primeiro plano. Se na sua casa não for assim, é bacana você adaptar para a SUA rotina.

Organizando a geladeira

Detalhe das prateleiras inferiores

 

As prateleiras de baixo, são as que tem a maior temperatura. Portanto, podem ficar ítens em conserva (alho por exemplo) e ítens defumados (bacon) ou até mesmo temperos abertos.

Na gaveta de verduras, não preciso falar né? Ficam as verduras! ♥
Agora, ao contrário do que muitos pensam, elas devem ficar dentro de potes para ficarem o mais protegidas possível, do ar muito gelado e evitar que elas queimem. Não basta deixar dentro da gaveta ou soltas em sacolas.

Uma dica importante para quem tem criança em casa, é guardar bebidas alcoólicas dentro da gaveta também. Assim fica escondida da criança e evita acidentes.

Outra dica, é para quem tem “pets” e precisa guardar a ração dentro da geladeira para evitar formigas e outros visitantes desagradáveis. Ela também deve ficar dentro da gaveta de verduras, de preferência dentro de algum pote vedado pois evita a contaminação dos outros alimentos e previne que seu animalzinho coma ração gelada.

(Eles são animais, não devem consumir nada que não esteja em temperatura ambiente.)

Voltando a porta, deixamos os ítens que não precisam necessariamente ficar na geladeira, afinal ela tende a trocar de temperatura como ambiente, todas as vezes em que a abrimos.

Ai vocês me perguntam: -Rafa o Leite e o requeijão, não são perecíveis e não deveriam estar na parte superior? Protegidos.

Sim! Via de regra o leite e o requeijão são super delicados e deveriam estar protegidos. Porém aqui em casa, um litro de leite não demora 24h para ser consumido completamente e o requeijão leva em média 2 dias. Ou seja, não dá tempo de estragar e ficando na porta, facilita na hora de usar.

Volto a dizer, adaptem estas dicas para a sua rotina e para o seu formato de geladeira, vcs não vão se arrepender! 🙂

Benefícios de se manter a Geladeira Organizada:

Quem leu o post completo, já entendeu que a organização conserva os alimentos de acordo com as suas necessidades e evita que eles estraguem antes do tempo. Agora, além disso existem os seguintes benefícios:

  • Quem mora com muitas pessoas, as vezes não sabe o que tem pronto na Geladeira. E por isso a comida acaba estragando sem que as outras pessoas soubessem que ela estava lá. Manter a geladeira organizada, faz com que todas as comidas preparadas estejam no mesmo local. Assim, basta procurar no local correto.
  • Facilidade na hora da limpeza. Otimizar tempo é sempre um ótimo benefício.
  • Economia na hora das compras, pois evita que você compre ítens que ainda estão cheios.
  • Economia de tempo, quem nunca fez uma lista de mercado e esqueceu que estava faltando alguma coisa? Manter tudo organizado, ajuda seu cérebro a “sentir falta” das coisas que acabaram e consequentemente você não precisará voltar às compras porque esqueceu algo.

Resolveu colocar a sua Geladeira em ordem também?

Não deixa de me contar aqui embaixo!

beijos